MEDICINA E FISIOLOGIA DO Exercício


CONSULTA, MONITORAMENTO E GERENCIAMENTO DA FADIGA E RECUPERAÇÃO



OBTER SAÚDE, BUSCAR EQUILÍBRIO, ALCANÇAR PERFORMANCE E PREVENIR LESÕES
 

Estes são os objetivos da consulta que engloba inúmeros aspectos relacionados à prática esportiva, com orientação apropriada para as necessidades e objetivos individuais, desde o sedentário até o atleta que busca o alto rendimento.
A consulta inclui um conjunto de procedimentos que permite a obtenção de dados objetivos quanto às condições fisiológicas do praticante de atividade física e/ou atleta frente ao esforço gerado pela carga de treinamento. O resultado das avaliações permite verificar possíveis desequilíbrios entre o impacto provocado pelo exercício físico e o estado geral fisiológico do avaliado, possibilitando a adequação no planejamento do treinamento e nas estratégias para acelerar o processo de recuperação, visando à prevenção de lesões e a otimização no desempenho físico. Orientações quanto à reposição energética e hidratação durante a prática desportiva serão abordadas durante a consulta com o Dr. Rogério Neves. Serão realizados os seguintes procedimentos:
 

AVALIAÇÃO DO STRESS FISIOLÓGICO

VARIABILIDADE DA FREQUÊNCIA CARDÍACA

Realizada através do estudo da variabilidade da frequência cardíaca analisa-se o comportamento do sistema Nervoso Autônomo - Simpático e Parassimpático. Procedimento utilizado para verificar a condição fisiológica e a capacidade de recuperação física, frente ao volume e intensidade gerados pela carga de treinamento (estresse físico e mental), overtraining, recuperação entre sessões de treinos e eventos esportivos, condição emocional e arritmias cardíacas assintomáticas. Possíveis disfunções neste sistema podem estar correlacionadas também com quadros hipertensivos, doenças agudas ou crônicas.
 

AVALIAÇÃO DO STRESS MUSCULAR

DOSAGEM DA CPK

Realizada através da dosagem da enzima creatinofosfoquinase-CPK, sendo um marcador bioquímico que identifica danos na fibra muscular decorrentes do desgaste físico. Com a dosagem periódica desta enzima pode-se adequar cargas impostas ao treinamento e prevenir possíveis lesões musculares. 


ANÁLISE TERMOGRÁFICA

Realizada através de uma câmara termográfica, a temperatura do corpo é avaliada para monitorar as assimetrias térmicas provocadas pelo treinamento. A tecnologia infravermelha identifica a inflamação muscular prévia a uma lesão, permitindo mudanças na rotina de treinamento e adaptar os exercícios em base a essa informação. (Termografia no Esporte)
 

AVALIAÇÃO DO STATUS DE HIDRATAÇÃO

Realizada através da amostra de urina (densidade urinária) e da bioimpedância elétrica, analisa-se o estado de hidratação e quantidade de água total no organismo, assim como, nos compartimentos intra (músculo) e extracelular (plasma-sangue), para um bom funcionamento muscular e controle da temperatura corporal (termorregulação). Importante para o aproveitamento e eficiência no desempenho físico.